sábado, 3 de abril de 2010

Chegou a hora...



As vezes o que eu falo não é a verdade.

A verdade fica presa no coração, não solto mentiras, é tudo omissão.

Porque o medo de expressar os sentimentos é maior.

No fundo a gente sente uma coisa, mas finge não sentir. Tem medo. E ao ser perguntado sobre o que está acontecendo tem vontade de gritar, falar tudo, todo o sentimento, todo o medo.... O medo sobressái, e ai vem a omissão...


Só que as vezes palavras/sentimentos omitidos podem se complicar no futuro... Pode ser triste para os dois lados...



Com a convivência a gente percebe que pessoas mudam, e que nada é mais como antes, ainda pode ter um pouco do sentimento que existia, mas quem sabe se é forte o bastante pra aguentar o que está acontecendo?




Pessoas mudam... sentimentos mudam... Mas porque VOCÊ, logo você, tinha que mudar tanto? Queria que aquela menina, amiga, meiga, sensível, aquela menina amorosa e apaixonada não tivesse mudado tanto... minha amiga. Pra sempre, até o coração aguentar.

2 comentários:

continuando assim... disse...

estamos perto do final... se final houver.
o capítulo 18, é o último capítulo do livro
quem já leu o "Continuando assim...", sabe como termina o livro.
A todos vocês que têm andado por aqui pacientemente , lanço o desafio prometido .
Antes de publicar o último capítulo , gostava que me dissessem como gostariam de terminar esta história de Alice e André.
Podem publicar os "vossos finais" nos comentários ou mandar directamente para o mail
queirozteresam@gmail.com
Irei postar aqui todos os finais possíveis , todos os "vossos finais" :)
Estou quase certa que algum de vós encontra o final perfeito.
está lançado o desafio, para já espero as vossas respostas
um grande beijo a todos !!

Teresa

socrates disse...

Lindo blog... sou novo seguidor. bjão. Linda MENINA.